sexta-feira, 30 de novembro de 2012

MARIA DO CARMO: “SE DINCA TIVESSE MAIORIA NA CÂMARA, AS CONTAS DELE TERIAM SIDO APROVADAS”.

No dia 29 de Novembro de 2012, (Quinta-Feira), a Vereadora Maria do Carmo (PSB), concedeu uma entrevista ao Programa Tarde Total da Rádio Comunitária Tabira FM 87,9 apresentado pelo Comunicador Léo Brasil. Maria do Carmo estava acompanhada de Pepita Lins.

Léo - A quem você atribui os votos que obteve?
Mª do Carmo – Eu atribuo ao povo que votaram em mim.
Léo –  Você esperava ser eleita?
Mª do Carmo – Foi surpresa o resultado da minha eleição. Visitei a  maioria das casas em Tabira e conversei com povo. Gostei de ser Legisladora. Todos que precisaram de mim, do meu acolhimento, eu ajudei e fiz tudo com amor. Fiquei bastante triste por não ter sida eleita.
Léo –  Você esperava Sebastião Dias ser eleito? 

Mª do Carmo – As coisas foram se polarizando, faltando um mês para a eleição, a campanha foi crescendo e venceram a eleição. Na verdade o povo queria mudança, é cultura aqui em Tabira o Prefeito não ser reeleito.

Léo –  Porque não houve acordo entre você e seu irmão Paulino para que só saísse um de vocês dois candidatos?

Mª do Carmo – Questões familiares à gente tem que respeitar. Eu estava no direito porque estava no mandato. Nossa família é grande e tem serviço prestado aqui em Tabira. Fui aluna dele em 2008, ele é um grande articulador e sabe fazer política.  

Léo –  Você acha que Sebastião Dias vai enfrentar desafios?

Mª do Carmo – O desafio de Sebastião Dias é a saúde, eu torço por ele. A saúde de Tabira está carente e o povo está cobrando.

Léo –  Paula Amaral disse em entrevista nesse Programa, que se viola conquistasse votos Rogério Menezes e Diomedes Mariano teriam sido eleitos. Você concorda?

Mª do Carmo – Temos que ter respeito com a viola e com  os poetas e os repentistas. Eu tive lendo num jornal um artigo que não podemos menosprezar qualquer tipo de profissão. Eu queria ser poetisa, isso é um dom divino, que nem todo mundo nasce com esse dom dado por Deus de fazer poesia, eu curto poesia e gosto dos repentistas. Rogério e Diomedes não ganharam porque não tiveram proposta, não tiveram votos. Sebastião ganhou porque o povo quis.

Léo – Maria do Carmo ainda irá permanecer filiada ao PSB?

Mª do Carmo – Continuo no PSB sim, depois não sei, o futuro vai dizer.

Léo – Dinca Deputado Estadual?

 

Mª do Carmo – O PC do B é da base aliada, sou do PSB, o futuro é quem vai dizer. Estou com ressentimento de algumas pessoas que não me acolheram.

Léo – A saúde de Tabira contribuiu com a derrota de Dinca?

Mª do Carmo – A derrota de Dinca foi porque ele não investiu na saúde que era o principal. Onde eu passava no porta-porta  as pessoas questionavam muito sobre a saúde. Passei em ruas que foram calçadas recentemente por Dinca e o povo declarava votar contra, justificava que era obrigação do prefeito. A gente só sabe o que é saúde quando a gente passa por ela. A pessoa que comandou a saúde em Tabira é uma pessoa boa, nada contra, mas precisava de mais discernimento. Eu não fui atuante na área da saúde porque não tive oportunidade. O povo se queixou muito da saúde e por causa da saúde eu também fui penalizada.

Léo – O futuro de Maria do Carmo?

Mª do Carmo – Eu gostei de ser política. Vou voltar a fazer minhas atividades e o que eu gosto. O futuro pode  me reservar alguma coisa.

Léo – Quais os projetos caso Maria do Carmo tivesse sido eleita?

Mª do Carmo – Eu não apresentei nenhum projeto para a Câmara, estive me deslocando de Tabira para Recife porque estava com minha Irmã que estava com problemas de saúde. A oposição na Câmara era uma oposição acirrada com ofensas pessoais.  Só era aquela polêmica quando era para aprovar as contas, se Dinca tivesse maioria as contas dele seriam aprovadas.   

Léo – Maria do Carmo você vai fiscalizar o governo de Sebastião Dias?
Mª do Carmo – Eu vou ficar atenta na política de Tabira. Não vou abandonar Tabira eu sou daqui, quem precisar de mim estou à disposição. (Por vagner Leandro)

Nenhum comentário: