quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Alimentos com calorias negativas

Veja quais são os alimentos que possuem menos calorias do que gastam para serem digeridos

alimentos com calorias negativas Alimentos com calorias negativas
Foto: Thinkstock
Também conhecido por efeito térmico do alimento, os alimentos com calorias negativas, diferente dos alimentos com zero caloria, são aqueles cuja digestão queima mais energia do que a contida no próprio alimento, isto é, é o alimento que possui menos calorias do que a energia que o organismo gasta para que esse alimento seja digerido.
Os legumes e as frutas são exemplos de alimentos que exigem quantidade de energia maior para a digestão do que o número de calorias que possuem.

Legumes e frutas

Além de nutritivos, alguns legumes, verduras e frutas são aliados da balança e têm calorias negativas. Isso porque, eles possuem menos energia do que gastam durante a digestão.
Além disso, especialistas afirmam que, no geral, alimentos com alto teor de fibras gastam mais energia durante a digestão.

Proteínas, Carboidratos e Gorduras

Dentre esses três tipos de alimento, as proteínas lideram a escala de alimentos que exigem grande quantidade de energia para a digestão. Digerir proteínas é uma tarefa árdua, o que leva o organismo a queimar mais calorias do que outros tipos de alimentos.
Já os carboidratos vêm em segundo lugar. São divididos em dois grandes grupos, os carboidratos simples, como o açúcar, os quais são facilmente digeridos, e os carboidratos complexos, como o arroz e o feijão, os quais exigem, assim como as proteínas, maior quantidade de energia para serem digeridos.
As gorduras, por sua vez, são facilmente digeridas pelo organismo, o que significa dizer que poucas calorias serão queimadas no processo de digestão desse tipo de alimento.

Como funciona esse processo?

Quando você come um pedaço de bolo com 1000 calorias no jantar, o açúcar refinado e os carboidratos, os quais fazem parte desse pedaço de bolo, são alimentos facilmente digeridos pelo organismo.

Isso quer dizer que pouquíssimas calorias serão gastas no processo de digestão desses alimentos, aproximadamente 3%, resultando em 970 calorias a serem queimadas, com exercícios físicos, por exemplo, ou estocadas em forma de gordura.
Na noite seguinte, você decide ser um pouco mais responsável em relação à sua dieta e resolve comer uma porção de peito de frango, também com 1000 calorias. Apesar da quantidade de calorias ser exatamente a mesma, a diferença é que seu organismo precisará de mais energia para digerir o peito de frango do que precisaria para digerir o pedaço de bolo.
Isso significa que seu organismo queimará mais calorias, aproximadamente 30%, pelo simples fato você ter optado pelo frango em vez do bolo.

Desvantagens

Vale a pena ressaltar que alimentos com calorias negativas trazem benefícios para aqueles cujo objetivo principal é perder peso. Porém, nenhuma dieta deve restringir-se apenas a esse tipo de alimento, já que o organismo também precisa de energia. Por isso, balancear os alimentos é fundamental.

Por Fernanda Boito(dicas de Mulher)

Nenhum comentário: