sexta-feira, 13 de julho de 2012

PE DISPÕE DE R$ 650 MILHÕES PARA AGRICULTURA FAMILIAR

  O Plano Safra Nacional da Agricultura Familiar 2012/2013 dispõe de R$ 650 milhões para ações do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), em Pernambuco. O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) lançou o Plano na semana passada, em Brasília. O evento contou com a participação de Aldo Santos, secretário Executivo de Agricultura Familiar e gerente-geral do ProRural. Desse total, R$ 370 milhões serão aplicados em ações de investimento e R$ 280 milhões para operações de custeio.

Os agricultores familiares também foram contemplados com a ampliação dos limites de renda e crédito. A renda subiu de R$110 mil para R$ 160 mil e o limite para financiamento de custeio passou de R$ 50 mil para R$ 80 mil. “Os juros para as operações de custeio reduziram de 4,5% ao ano para 4% e as taxas variam de 1% a 4%”, informou Aldo Santos. O novo Plano ampliou ainda a renda dos agricultores do Pronaf B. Anteriormente, o agricultor familiar só podia ter renda anual de R$ 6 mil, agora limite é para quem alcança uma renda de até R$ 10 mil ao ano.

Segundo o MDA, os juros atrativos fomentam os investimentos na agricultura. As novas taxas representam uma diminuição de 18,5% nos custos dos financiamentos para o produtor rural. “Outro ponto importante é a ampliação de crédito para os jovens rurais. Antes o financiamento máximo do Pronaf Jovem era de R$12 mil – o valor passou para R$ 15mil. O setor ainda contará com serviços de assistência técnica e extensão rural específica”, destacou o Santos.

Já os recursos do Garantia-Safra para todo o País foram ampliados para R$ 411,8 milhões. Neste ano, o MDA antecipou o pagamento das parcelas como uma das ações para amenizar os efeitos da estiagem no Nordeste, além de ter criado linhas de crédito emergenciais e o Bolsa Estiagem para o agricultor familiar que não estava inscrito no programa. Em Pernambuco, mais de 100 mil agricultores receberão o benefício neste ano.

Agricultura Familiar - De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Agrário, a agricultura familiar é um segmento estratégico para o desenvolvimento do País. Além de ser responsável por produzir 70% dos alimentos consumidos pelos brasileiros todos os dias, responde por 38% da renda agropecuária e ocupa quase 75% da mão de obra do campo. (
Por Nill Júnior)



Nenhum comentário: