quinta-feira, 12 de julho de 2012

Idoso confessa assassinato de adolescente de 15 anos em Gravatá

Jovem foi morta a facadas e tijoladas corpo foi deixado na esquina da casa do agressor


Um idoso foi preso no município de Gravatá por suspeita de assassinar brutalmente uma adolescente de 15 anos de idade. O aposentado José Tavares da Silva, de 76 anos, confessou o crime e foi levado para a Delegacia de plantão de Gravatá. O caso será investigado pelo delegado Rodolfo Bacelar.
José Tavares da Silva foi preso em flagrante após assassinar a jovem de 15 anos, que tentou roubar a casa dele em Gravatá (Clebson Amstedan/Tyhago Ferreira do Blog do Caju/Cortesia)
José Tavares da Silva foi preso em flagrante após assassinar a jovem de 15 anos, que tentou roubar a casa dele em Gravatá
O crime aconteceu na tarde de ontem. José Tavares disse que a adolescente teria invadido sua residência para roubá-lo, os dois teriam entrado em luta corporal e ele teria esfaqueado a jovem. A polícia não soube precisar a quantidade de ferimentos à faca. A cabeça da jovem também apresenta um afundamento, provavelmente feito com uma tijolada. Não foram encontrados indícios de violência sexual. À noite, o idoso teria colocado o corpo da adolescente na esquina da casa, localizado na Rua São Miguel, no Alto da Boa Vista.

Na residência, totalmente revirada, foram encontradas marcas de sangue e a arma utilizada no crime. A vítima foi identificada apenas como Juliana. O corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru. A família da vítima ainda não compareceu ao local. (Diário de Pernambuco)

Nenhum comentário: