segunda-feira, 7 de maio de 2012

EM ENCONTRO COM CIMPAJEÚ, GOVERNO ANUNCIA PLANO DE R$ 514 MILHÕES PARA COMBATE À ESTIAGEM

Em uma reunião que durou quatro horas no IFPE de Afogados da Ingazeira, o Comitê Integrado de Combate à Estiagem ouviu os prefeitos do Sertão do Pajeú organizados através do Cimpajeú, mais o prefeito de Custódia Nemias Gonçalves sobre a realidade em todos municípios da região e anunciou o plano de ações emergenciais que serão implantadas . A maioria das reivindicações dos gestores da região foi incluída no plano, segundo garantia do coordenador do Comitê e Secretário de Agricultura, Ranilson Ramos. Representando o Comitê e o Governo participaram ainda Almir Cirilo (Recursos Hídricos), Marcelo Sá (APAC), José Patriota (Prorural) e Aldo Santos (Secretário de Agricultura Familiar).
Mini Auditório do IFPE ficou lotado. Bem mais que as 40 pessoas esperadas
De acordo com Ramos, serão construídas emergencialmente 15 mil cisternas calçadão, 21 mil cisternas de placas, 250 poços artesianos, além da ampliação da distribuição para 800 carros pipa em dois meses, com maior valor por hora rodada (R$ 1,60) . Haverá ainda a construção de 440 barragens, além de outras ações em parceria com as prefeituras e agilização para conclusão ou início de adutoras como a do Pajeú, Sistema Adutor Zé Dantas e a transposição do São Francisco, esta última prevista para 2014 ou 2015.
Todo o pacote de medidas está orçado em R$ 514 milhões. O Governador Eduardo Campos anunciou que o estado assumirá 50% com contrapartida de 50% do Governo Federal, após solicitação à Presidente Dilma Roussef. Outras medidas como a liberação de crédito emergencial pelo BNB, antecipação do Garantia Safra e Implantação do Bolsa Estiagem foram detalhadas.

Albérico Rocha (Cimpajeú), Ranilson Ramos (Agricultura) e José Patriota (Prorural)

Para liberação do Garantia Safra, por exemplo, os governos municipais terão que pagar de uma vez as parcelas restantes da contrapartida obrigatória, como já fizeram os governos Federal e Estadual. “Essa ação tem que ser imediata”, disse Aldo Santos. Participaram também da reunião, o Senador Armando Monteiro, os deputados Waldemar Borges, Ângelo Ferreira e Augusto César. Dos prefeitos, os que não foram mandaram representantes. Totonho Valadares oi representado pelo vice Augusto Martins. Anchieta Patriota, Luciano Bonfim e Dr Fanão também enviaram representantes.
Um dado importante passado pela Agência de Águas e Clima (APAC) mostra que poucos são os reservatórios monitorados em boa situação. Barragens como Serrinha II (70,3% da capacidade total), Rosário (62,6%), Brotas (58,2%) e Chinelo (46,2%) ainda garantem água por mais tempo. Já em casos como as barragens de São José I e II e Serrote a situação é de colapso ou pré colapso.

Ranilson Ramos
Por Nill Júnior

Nenhum comentário: