quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Morre o cantor Wando em hospital de Minas Gerais

Morreu nesta quarta-feira, (8),em Nova Lima(MG) o cantor Wando, de 66 anos, que estava internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do hospital Biocor, com problemas cardíacos.
Na madrugada da última sexta-feira, o cantor tinha apresentado melhora e retirado o dispositivo de assistência respiratória. O cantor foi internado no dia 27 de janeiro
Na manhã desse mesmo dia, Wando realizou um cateterismo cardíaco devido ao quadro de angina (dores no peito causadas por falta de sangue no músculo cardíaco) e à constatação de que alguns de seus exames estavam alterados.
Na madrugada do dia 28, no entanto, ele apresentou piora, precisando ser prontamente submetido a uma angioplastia coronariana de múltiplas artérias, sendo encaminhado ao CTI.
Wanderley Alves dos Reis, o Wando, nasceu em Cajuri, São Paulo, em 2 de outubro de 1945 e morreu em 8 de Fevereiro de 2012 às 8h da manhã. Foi um cantor brega-romântico brasileiro.
O apelido Wando foi dado por sua avó. Ainda pequeno, mudou-se de Cajuri para Juiz de Fora, onde formou-se em violão erudito e começou a lidar com música por volta dos 20 anos. Nessa época já participava de conjuntos e se apresentava em bailes na região. Mais tarde muda-se para Volta Redonda (RJ), onde trabalhou como caminhoneiro e feirante.
Sua carreira de cantor iniciou-se em 1969 e o sucesso veio em 1973. Seu maior sucesso é Fogo e Paixão, lançado no álbum O Mundo Romântico de Wando, de 1988.

Nenhum comentário: